A Maçonaria Aberta aos Homens de Bem
SABEDORIA, PROSPERIDADE E UNIÃO







MAÇONARIA , DEMOCRACIA E O CIVISMO

O Civismo é o respeito à Pátria, nela compreendida a autoridade que a administra.

Os Maçons devem fidelidade à Pátria e aos governos legitimamente instalados.

A Maçonaria cultiva o civismo, comemorando as datas históricas, a bandeira, o escudo e os personagens históricos que se destacaram.


Apesar de a Maçonaria ter caráter universal, ou seja, não ter origem ou comando em nenhuma Pátria, o respeito a Pátria onde tem a sede da Loja é parte de sua Constituição; qualquer evento histórico maior sempre irá inspirá-lo, seja como Maçom individual, seja como Instituição.

 

Contudo, não bastam participar das festividades; é preciso tomar parte nos eventos do dia-a-dia, prestar auxílio aos necessitados, tudo empreender para que os governos administrem com justiça e eqüidade. 


Orientar a própria família, para que os filhos possam ser cidadãos leais; instruir-se para conhecer os hinos patrióticos e os feitos de nossos heróis.

Participar nas discussões preliminares que culminam em leis, enfim, participar com o seu voto para que haja democracia.

Luta para manter essa democracia que lhe garante a liberdade de reunião e de pensamento. 


O Maçom, antes de tudo, é um democrata que Luta pela Liberdade, Igualdade e Fraternidade




Veja outros posts
Compartilhe esta página |


São Paulo, terça-feira, 13 de novembro de 2018