A Maçonaria Aberta aos Homens de Bem
SABEDORIA, PROSPERIDADE E UNIÃO







22 de Maio - A FAMÍLIA - BREVIÁRIO MAÇÔNICO

A família maçônica abrange os maçons e seus familiares. Estar em família corresponde a, dentro do templo, com a loja funcionando, não observar a liturgia.

A loja reúne-se para tratar especificamente de assuntos administrativos ou referentes a algo específico, como palestras especiais.


Por ocasião do recebimento de um visitante, a loja pode passar a trabalhar em família, ou seja, deixar de considerar a ordem do dia, isso para poder dispensar maiores atenções ao visitante e também para reservar apenas para o quadro da loja assuntos confidenciais.

Diz-se também que a loja receberá o visitante em família, o que significa dispensar as honrarias a que o visitante tem direito, bem como o "trolhamento", ou seja, o questionamento para a identificação plena.

A família natural do maçom passa a ser também maçônica, uma vez que as esposas são denominadas de "cunhadas" e os filhos de "sobrinhos".


Na realidade, uma loja constitui uma família, pois todos os seus membros são irmãos entre si, sem o destaque hierárquico; o venerável mestre continua sendo irmão do novel aprendiz.

E... se existe essa família, a união de seus membros deve ser cultivada e todos amarem-se e ligarem-se com laços afetivos.

Quando um maçom é atingido no mundo profano, isto equivale ao atingimento da loja toda.


QUERO ME APROFUNDAR NOS SEGREDOS MAÇÔNICOS




Veja outros posts
Compartilhe esta página |