A Maçonaria Aberta aos Homens de Bem
SABEDORIA, PROSPERIDADE E UNIÃO







31 de Maio - AS FLECHAS - BREVIÁRIO MAÇÔNICO

Maçonicamente, assim são designadas as ordens que devem ser cumpridas de imediato.

As ordens emanadas dos superiores hierárquicos não podem ser questionadas, uma vez que se supõe sejam corretas e necessárias; obedecer é uma disciplina saudável.


Flechas também simbolizam as agressões que o maçom recebe, mas que devem ser aceitas com resignação e tolerância, com a convicção de que não atingem uma parte vital e que se desviam porque existe uma resistência espiritual.

Dizia o filósofo Huberto Rohden: "O mal que me fazes, não me faz mal; o bem que deixas de me fazer, esse te faz mal".

O maçom deve estar alerta quanto ao recebimento das agressões e das ofensas; embora não haja necessidade evangélica de oferecer a outra face, o fato de exercitar a tolerância equivale a esse oferecimento que a mente comanda e o espírito aceita.


A ourivesaria feminina oferece como ornamento flechas isoladas, que simbolizam a tolerância.

Nos escudos da cidade do Rio de Janeiro sempre constaram flechas que rememoram o sacrifício de São Sebastião, que foi seviciado, posto sua morte não decorresse do flechamento.

O maçom considera a tolerância como uma virtude.


QUERO ME APROFUNDAR NOS SEGREDOS MAÇÔNICOS




Veja outros posts
Compartilhe esta página |


São Paulo, terça-feira, 13 de novembro de 2018